Curso a distância, Curso online, Curso de inglês, Curso de informática, Cursos, Curso grátis, Curso de espanhol

Pesquisa personalizada

Logística

Cursos de Logística, informações sobre Logística grátis


Você está em: Cursos » Logística » Transporte Aéreo - Cargas que podem ser transportadas e suas restrições

Transporte Aéreo - Cargas que podem ser transportadas e suas restrições

Todos os tipos de carga podem ser transportados por este modal, porém não devem oferecer risco à aeronave, aos passageiros, aos operadores, a quaisquer outros envolvidos e às outras cargas transportadas.
Assim, podem ser transportados animais vivos, cargas comuns secas, cargas congeladas, armamentos, enfim, qualquer carga, porém as restrições às cargas perigosas são muito intensas.


Cargas Perigosas

As mercadorias perigosas deverão ser autorizadas pela própria empresa aérea e terão de ser correta e totalmente identificadas, de modo que, quem as manipule possa ter o devido cuidado. É aconselhável contatar-se um agente de carga para orientação de como efetuar o embarque.

A documentação deverá conter uma ficha de emergência, que deverá conter todas as informações sobre o produto para o correto manuseio e para algum atendimento na eventualidade de algum problema.

As suas embalagens e condições de transporte são devidamente regulamentadas pela IATA, através do Dangerous Goods Regulation.

Algumas mercadorias são muito perigosas para serem transportadas em aviões, enquanto algumas delas poderão ser embarcadas em aviões mistos, e outras somente podem ser transportadas em aviões cargueiros.

As mercadorias perigosas são classificadas pela ONU - Organização das Nações Unidas, nas seguintes classes de riscos:

- Classe 1 - explosivos;

- Classe 2 - gases;

- Classe 3 - líquidos inflamáveis;

- Classe 4 - sólidos inflamáveis;

- Classe 5 - substâncias combustíveis e materiais oxidantes;

- Classe 6 - substâncias tóxicas (venenosas) e infecciosas;

- Classe 7 - materiais radioativos;

- Classe 8 - corrosivos;

- Classe 9 - mercadorias perigosas diversas.

Há três grupos de embalagens para mercadorias perigosas, que são:

- grupo I: que indica um alto grau de risco da carga;

- grupo II: indica um grau médio de risco; e

- grupo III: indica um grau menor de risco.

O expedidor deve fazer uma declaração de mercadorias perigosas (shipper's declaration for dangerous goods), em 2 vias e assinadas, sendo que uma segue com a carga e uma permanece com o transportador.



Os seguintes documentos devem acompanhar o conhecimento de embarque:

- declaração do embarcador;

- cópia do APAA - Atestado de Produto Aeronáutico Aprovado, emitido pelo Centro Aeroespacial para Embalagem; e

- certificado de conformidade da empresa produtora da embalagem.

No embarque de produtos perigosos deve ser considerado uma quantidade máxima por embalagem, bem como mercadorias incompatíveis, que coloquem o vôo em risco.

As mercadorias devem ser embaladas segundo sua classificação, com menção das suas características como o ponto de fulgor e periculosidade, o ano de fabricação e país de origem, entre outros.

Há outras mercadorias, que embora não estejam classificadas como perigosas, também sofrem restrições e seus embarques devem ser consultados antecipadamente, como por exemplo:

- animais ferozes e de grande porte;

- material orgânico sujeito a contaminação de qualquer natureza, ou em pré-estado de decomposição, etc.

Há muitas mercadorias de aparência inocente que podem ser perigosas, devendo-se tomar o máximo cuidado no seu transporte, bem como deve ser obtida autorização à empresa aérea para seu embarque.

Algumas delas são de uso bastante comum, a exemplo dos aerossóis, materiais bélicos, barómetros (podem conter mercúrio), baterias (podem conter ácidos), materiais de branqueamento/alvejamento, aparelhagem de respiração (com cilindro de gás comprimido), partes de carro (baterias, tintas de celulose, etc), gelo seco, equipamentos elétricos (materiais magnetizados, mercúrio), inseticidas (inflamáveis), vacinas, etc.


Perecíveis e Animais Vivos

Mercadorias perecíveis serão aceitas para embarque, porém, des­de que se tenha a certeza de que chegarão ao seu destino em bom estado e que possuam etiqueta especial identificando-as como perecíveis.

O embarque de animais vivos está condicionado às normas da IATA, que descrevem minuciosamente qual o tipo de animal, tipo de aeronave, temperatura a ser observada durante a viagem, enfim, todos os detalhes necessários a permitir o embarque deste tipo de carga.

Outro fator importante é conhecer o estado do animal, sua saúde, se está em período de gestação, etc, pois não serão aceitos para viagem animais que não estiverem em boas condições de saúde ou que estejam prenhes.

Fonte: Transportes e Seguros no Comércio Exterior - Samir Keedi/Paulo C. C. de Mendonça






Últimos Cursos

Dicas para economizar comprando produtos para Artesanato em Ponto Cruz
Não se preocupe se você não pode ir até a China comprar produtos com os menores preços do mundo. Saiba que você pode comprar direto do seu computador e garantir preços super baixos comparados com os praticados no Brasil. Mesmo com a alta taxa do dólar (que não pára de subir), compensa...
https://cursosnocd.com.br/artesanato/dicas-para-economizar-comprando-produtos-para-artesanato-em-ponto-cruz.htm

Qual o correto Mais ou Mas
Mais ou Mas? As duas formas de escrita são corretas, mas você deve saber o significado de cada palavra para sabem em quais frases elas se encaixam. Vamos ver a seguir: Mais pode ser pronome ou advérbio de intensidade. Exemplos de frases usando mais: Por favor, eu gostaria de mais suco. Não aguento mais essa...
https://cursosnocd.com.br/portugues/qual-o-correto-mais-ou-mas.htm

Quando usar Mal e Mau - Dúvidas gerais da Língua Portuguesa
É normal muitas pessoas confundirem qual o uso correto do Mal com L e Mau com U em uma frase. As duas formas de escrita Mal e Mau estão corretas, mas você deve saber qual o sentido da frase para saber se deve escrever com l ou u. Vamos ver algumas frases...
https://cursosnocd.com.br/portugues/quando-usar-mal-e-mau-duvidas-gerais-da-lingua-portuguesa.htm

A ou Há - dúvidas gerais da Língua Portuguesa
Com certeza, você muitas vezes, deparou-se com dúvidas e situações em que precisou usar termos e expressões e não sabia qual forma era correta para se utilizar naquele momento. Vamos aprender quando usar A, e HÁ nas frases em português. Vamos lá! A indica que ainda vai acontecer (tempo futuro). HÁ indica o que já...
https://cursosnocd.com.br/portugues/a-ou-ha-duvidas-gerais-da-lingua-portuguesa.htm

Diferenças entre Since e For em inglês
O Present Perfect também é usado junto às palavras since e for. Qual a diferença entre Since e For. Uma dúvida muito comum é quando usar since e quando devemos usar for em uma frase. Ambas (since e for) exprimem um período de tempo que começou no passado e perdura até o presente...
https://cursosnocd.com.br/curso-de-ingles/diferencas-entre-since-e-for-em-ingles.htm

Verb to be - como passar frases afirmativas para interrogativas em inglês
Verb to be: Como passar frases afirmativas e negativas para forma interrogativas Verb to be / Ser, Estar Hoje vamos aprender de forma fácil como passar as frases afirmativas para a forma negativa e interrogativa em inglês. Para nunca esquecer: FORMA AFIRMATIVA EM INGLÊS VERB TO BE I am (eu sou, eu estou) You are (você é,...
https://cursosnocd.com.br/curso-de-ingles/verb-to-be-como-passar-frases-afirmativas-para-interrogativas-em-ingles.htm








Cursos no CD - Cursos a distância, Curso Online. Série de lições sobre determinada matéria. Conjunto de matérias professadas numa universidade. Todas as informações são de propriedade de seus respectivos autores. Política de Privacidade

Parceiros: HLERA, Orkut, Fotolog, YouTube, Baladas, Garotas, Festa, Cama e Banho, Resumo de Livros Lençol de Malha, Países e Viagens
Carnaval, Desenhos, Frases, Mensagens, Músicas, Piadas Gaspar, Notícias Importantes, Poemas de Amor, Carros, Recados para orkut, Web Designer
RSZ Sistemas