Curso a distância, Curso online, Curso de inglês, Curso de informática, Cursos, Curso grátis, Curso de espanhol

Pesquisa personalizada

Medicina

Cursos de Medicina, informações sobre Medicina grátis


Você está em: Cursos » Medicina » Cólica - Bebê

Cólica - Bebê

O QUE É A CÓLICA?

A cólica tem sido definida como um longo período de choro vigoroso que persiste apesar de todos os esforços de consolo. O termo em si vem da palavra grega referente ao intestino grosso, refletindo a crença de que a fonte do desconforto é um problema digestivo.
A maioria dos bebês passa por períodos em que parecem anormalmente nervosos ou choram por nenhuma razão aparente. A cólica é mais comum durante os três ou quatro primeiros meses de vida. Pode começar nas três primeiras semanas após o nascimento e geralmente acaba perto dos três meses de idade. É raramente sentida por bebês com mais de seis meses de idade.
Durante os seis primeiros meses de vida, os bebês crescem a uma velocidade impressionante. Nessa época, o recém-nascido duplica o peso que tinha ao nascer. Devido à quantidade de alimento que precisam ingerir para sustentar esse crescimento, os bebês muitas vezes sofrem de indigestão e gases. Da mesma forma, o bebê pode engolir ar quando se alimenta ou durante uma ataque de choro prolongado. Engolir ar aumenta as dores por gases. Quando um bebê tem uma dor por gases, pode ser a pior dor que seu pequeno corpo já sentiu.
A diferença da cólica para os outros problemas é que, independente do que fizer, o choro não pára. Certas posturas corporais que ocorrem com um ataque de gases também podem ocorrer com a cólica. Por exemplo, seu bebê pode ter uma barriga tensa e distendida, com os joelhos encolhidos no peito, pulsos cerrados e mobilidade anormal de braços e pernas ou costas arqueadas.
Suspeite de uma verdadeira cólica quando seu bebê tiver ataques repentinos e sérios de choro alto que duram várias horas; se o choro ocorrer na mesma hora todos os dias, muita vezes à tarde ou à noite; se os episódios de choro acontecem repetidas vezes, começando de repente e terminando de forma abrupta; se seu bebê parece inconsolável e nada que fizer lhe traga conforto; se seu bebê parece zangado e se debate quando o segura no colo; e se parece não haver nenhuma explicação para esses repentes de choro.
Se seu bebê tiver cólica, os meses de choro e aflição aparentemente implacável do seu filho podem deixá-lo frustrado, ansioso, confuso, exausto, culpado e inadequado. Uma das principais preocupações ao lidar com um bebê com cólica, além de descobrir formas de confortá-lo, é confiar na sua capacidade de manter e criar um relacionamento amoroso com seu recém-nascido.

PREVENÇÃO

Tome nota dos acessos de irritabilidade e choro do seu filho e procure um denominador comum. Veja se seu filho chora mais ou menos na mesma hora, todos os dias. Tente determinar se certos alimentos ou atividades levam ao choro. Se descobrir uma relação, elimine o alimento ou a atividade que considera a causa.
Crie um ambiente calmo enquanto alimenta seu bebê e aproveite esse momento junto com seu filho. Ouça músicas relaxantes. Certifique-se de que você e o bebê estão fisicamente confortáveis. Vista-se e ao seu bebê de forma que não sintam frio e estejam à vontade. Garanta que a fralda do seu bebê não esteja muito apertada.
Ao alimentar seu bebê, tente segurá-lo em uma posição ereta para que o ar fique acima do leite no seu estômago. Isso ajudará seu bebê a expulsar o ar quando arrotar.
Se estiver dando mamadeira ao seu bebê, verifique o tamanho do furo no bico. O leite deve pingar lentamente quando a mamadeira ficar de cabeça para baixo. Se o furo for muito pequeno ou muito grande, seu bebê pode ingerir muito ar enquanto estiver mamando.
Para controlar a quantidade de ar que o bebê engole enquanto mama, limite o tempo em que realmente mama a dez minutos. Após cerca de 50 mililitros de líquido, tente fazer com que seu bebê arrote (mas não fique desanimado se ele não arrotar).
No final de cada mamada completa, ponha seu bebê para arrotar durante dez minutos. Fique calmo. Alguns minutos a mais, agora, podem evitar um acesso de cólica mais tarde.
Se seu bebê não conseguir arrotar após cerca de dez a quinze minutos, coloque-o em uma posição ereta durante cerca de uma hora e tente novamente.
Se estiver amamentando seu bebê, elimine os alimentos relacionados na seção Diretrizes Alimentares, e investigue a possibilidade de alergia alimentares.
A lactante deve tomar um suplemento de Lactobacillus acidophilus ou bifidus. Se estiver dando mamadeira ao seu filho, administre o suplemento dissolvido no leite.
Tente evitar dar muita ou pouca comida ao seu bebê. Regurgitar o alimento após mamadas pode indicar superalimentação; choro ou sucção contínua após a mamada pode indicar subalimentação. Faça o que seu filho mandar. Se seu bebê estiver engordando e se desenvolvendo normalmente, você provavelmente estará no caminho certo.

O QUE CAUSA A CÓLICA?

Embora há muito se presuma que a cólica seja um sinal de dor por gases, na verdade nunca se provou que todos os bebês ou a maioria dos bebês com cólica realmente tenham gases abdominais. A causa certa do problema continua a desconcertar a medicina. Além da possibilidade de dor por gases, há uma série de outras hipóteses relativas às causas da cólica, inclusive:

Alergia à proteína do leite materno ou à fórmula infantil.
Técnicas incorretas de alimentação.
Espasmos do cólon.
Trato intestinal imaturo e hiperativo.
Sistema nervoso imaturo e altamente sensível.
Temperamento.
Tensão em casa.
Ansiedade dos pais.
Má interpretação do choro por parte dos pais.

Provavelmente, uma combinação de alguns desses fatores, na verdade, faz parte da maioria dos casos de cólica infantil.


Fonte: http://www.saudeinformacoes.com.br/





Últimos Cursos

Dicas para economizar comprando produtos para Artesanato em Ponto Cruz
Não se preocupe se você não pode ir até a China comprar produtos com os menores preços do mundo. Saiba que você pode comprar direto do seu computador e garantir preços super baixos comparados com os praticados no Brasil. Mesmo com a alta taxa do dólar (que não pára de subir), compensa...
https://cursosnocd.com.br/artesanato/dicas-para-economizar-comprando-produtos-para-artesanato-em-ponto-cruz.htm

Qual o correto Mais ou Mas
Mais ou Mas? As duas formas de escrita são corretas, mas você deve saber o significado de cada palavra para sabem em quais frases elas se encaixam. Vamos ver a seguir: Mais pode ser pronome ou advérbio de intensidade. Exemplos de frases usando mais: Por favor, eu gostaria de mais suco. Não aguento mais essa...
https://cursosnocd.com.br/portugues/qual-o-correto-mais-ou-mas.htm

Quando usar Mal e Mau - Dúvidas gerais da Língua Portuguesa
É normal muitas pessoas confundirem qual o uso correto do Mal com L e Mau com U em uma frase. As duas formas de escrita Mal e Mau estão corretas, mas você deve saber qual o sentido da frase para saber se deve escrever com l ou u. Vamos ver algumas frases...
https://cursosnocd.com.br/portugues/quando-usar-mal-e-mau-duvidas-gerais-da-lingua-portuguesa.htm

A ou Há - dúvidas gerais da Língua Portuguesa
Com certeza, você muitas vezes, deparou-se com dúvidas e situações em que precisou usar termos e expressões e não sabia qual forma era correta para se utilizar naquele momento. Vamos aprender quando usar A, e HÁ nas frases em português. Vamos lá! A indica que ainda vai acontecer (tempo futuro). HÁ indica o que já...
https://cursosnocd.com.br/portugues/a-ou-ha-duvidas-gerais-da-lingua-portuguesa.htm

Diferenças entre Since e For em inglês
O Present Perfect também é usado junto às palavras since e for. Qual a diferença entre Since e For. Uma dúvida muito comum é quando usar since e quando devemos usar for em uma frase. Ambas (since e for) exprimem um período de tempo que começou no passado e perdura até o presente...
https://cursosnocd.com.br/curso-de-ingles/diferencas-entre-since-e-for-em-ingles.htm

Verb to be - como passar frases afirmativas para interrogativas em inglês
Verb to be: Como passar frases afirmativas e negativas para forma interrogativas Verb to be / Ser, Estar Hoje vamos aprender de forma fácil como passar as frases afirmativas para a forma negativa e interrogativa em inglês. Para nunca esquecer: FORMA AFIRMATIVA EM INGLÊS VERB TO BE I am (eu sou, eu estou) You are (você é,...
https://cursosnocd.com.br/curso-de-ingles/verb-to-be-como-passar-frases-afirmativas-para-interrogativas-em-ingles.htm








Cursos no CD - Cursos a distância, Curso Online. Série de lições sobre determinada matéria. Conjunto de matérias professadas numa universidade. Todas as informações são de propriedade de seus respectivos autores. Política de Privacidade

Parceiros: HLERA, Orkut, Fotolog, YouTube, Baladas, Garotas, Festa, Cama e Banho, Resumo de Livros Lençol de Malha, Países e Viagens
Carnaval, Desenhos, Frases, Mensagens, Músicas, Piadas Gaspar, Notícias Importantes, Poemas de Amor, Carros, Recados para orkut, Web Designer
RSZ Sistemas